A maior barreira para chegar ao coração da nossa conciência é uma palavra de 3 letras: ego.
Ego pode ser definido como o apego à imagem falsa que tenho de mim. Quando estou apegado a uma idéia, situação, pessoa ou à maneira como quero as coisas, eu tenho ego.
Eu perco minha identidade para o objeto do meu apego.
Isto produz uma imagem errada de mim.
Onde há apego há resistência, seguramos e não soltamos.
Onde há resistência, há medo.
Medo é igual a ego.