“Eu sou responsável pelos meus próprios sentimentos, emoções e personalidade. Também sou responsável pela situação em que me encontro.
Ter responsabilidade completa não dá a sensação de escravidão, mas sim de liberação.
Significa que não sou dependente das coisas externas ou controlado por elas. Significa, por exemplo, que eu não dependo de alguém para me trazer flores, me servir uma xícara de chá, ou até mesmo para me fazer feliz.
Mais do que isso, eu sei quem sou e eu sou feliz.”

A felicidade está quando não precisamos de ninguém para nos fazer feliz, tudo e todos ao nosso redor são o complemento da nossa felicidade interna, esse conjunto deve fazer parte do nosso dia a dia. Assumir a responsabilidade não é fácil, mas possível, seja dono da sua própria história.